• LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle

Mercado Advocacia - Sociedade inscrita na OAB/SP 15.830, inscrita no CNPJ/MF sob nº 21.495.242/0001-73

Avenida Paulista, 171 - 4º andar - Bela Vista - São Paulo - SP

Referência: próximo ao Metrô Brigadeiro - Contato: tel. (11)  3042 - 5702 -

e-mail: jlima@mercadoadvocacia.com.br

Consulte nossos Termos de Uso do Site

Posts Em Destaque
Please reload

Quais os cuidados com imagens, vídeos e textos na loja virtual?

January 27, 2017

A loja virtual deve possuir conteúdo relevante e original, sob pena de ser punida pelas ferramentas de busca, com a consequência da relevância do site ser impactada e apresentar relevância reduzida nas buscas, dificultando que os consumidores encontrem o conteúdo gerado.

 

A utilização de textos duplicados e imagens de terceiros, em violação à direitos de imagem, tem por consequência a redução da relevância deste material.

 

Portanto, não é mais interessante “inflar” a loja virtual com conteúdo encontrado em outros sites, ainda que a “fonte” seja citada, valendo mais a pena possuir um conteúdo reduzido, mas exclusivo.

 

Os resultados de busca visam a melhor experiência do consumidor, então será premiado o esforço dos sites que possuem conteúdo original, o que certamente dará mais trabalho pois visa a originalidade e relevância dos textos para facilmente serem encontrados pelas ferramentas de busca.

 

Além da penalização pelos sites de buscas, o verdadeiro titular dos direitos de imagem pode processar o titular do website pela utilização indevida, reivindicando direitos de imagem.

 

A duplicação em seu site de notícias ou artigos informativos  é permitida pelo Art. 46,I, a) da Lei de Direitos Autorais, desde que se faça a menção do nome do Autor e do site que foi extraído, sendo recomendável a citação do link que foi extraído.

 

Mas como mencionado, tal prática deve ser evitada, ou usada com moderação, pois o Google considerará conteúdo duplicado e irrelevante para as pessoas, e não constará dos resultados da busca, o que na prática, não trará o resultado desejado pela loja virtual.

 

Já em relação às imagens, a simples utilização enseja o dever de reparar os danos sofridos pelo titular, portanto apenas devem ser utilizadas imagens de banco de imagens pagos ou gratuitos, ou imagens próprias, sob pena de ser processado.

 

Em relação aos vídeos, em tese, alguns entendem que é possível publicar em seu site, por analogia a textos, mas vídeos não possuem tal autorização pela lei de direito Autoral, então não podem ser publicados em seu site sem autorização do titular, portanto não é recomendável a utilização de vídeos de terceiros sem expressa autorização, mesmo com a citação da fonte.

 

Assim, é recomendável a adoção de conteúdo próprio, original e relevante para a finalidade de fomentar tráfego na loja virtual, devendo ser evitada a duplicação de conteúdo informativo e não utilizar imagens e vídeos sem autorização, sob pena de reivindicação de indenizações de terceiros.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Facebook
Posts Recentes
Please reload