• LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle

Mercado Advocacia - Sociedade inscrita na OAB/SP 15.830, inscrita no CNPJ/MF sob nº 21.495.242/0001-73

Avenida Paulista, 171 - 4º andar - Bela Vista - São Paulo - SP

Referência: próximo ao Metrô Brigadeiro - Contato: tel. (11)  3042 - 5702 -

e-mail: jlima@mercadoadvocacia.com.br

Consulte nossos Termos de Uso do Site

Posts Em Destaque
Please reload

Quais os primeiros passos para abrir uma loja virtual?

January 26, 2017

 

O “script” para montar uma loja virtual ou fazer um site de compras online em São Paulo e em outras cidades é realizar a abertura da empresa, mediante a contratação de um contador de sua confiança.

 

Atualmente, existem serviços de Contabilidade online, como é o caso da empresa “Contabilizei” – www.contabilizei.com.br, que realizam toda a assessoria necessária a um custo reduzido para o início do negócio, mas deve-se avaliar a conveniência de dispensar um profissional da contabilidade, que orienta e cuida dos aspectos contábeis do seu negócio com maior proximidade.

 

Além disso, será necessário redigir o contrato social da empresa, em caso de mais de um sócio, lembrando que hoje é possível a realização da abertura da empresa com apenas uma pessoa.

 

Caso existam outros sócios, é recomendável a contratação de um advogado experiente para prever questões específicas das obrigações dos sócios no contrato social.

 

O contrato social deverá ser assinado por um advogado, que poderá ser indicado pelo próprio contador contratado. Através deste documento, será homologado o registro nos órgãos competentes, tais como Junta Comercial, Receita Federal, Prefeitura, Fazenda Estadual (em caso de empresa de serviços), INSS e Caixa Econômica, de forma que sejam possíveis a emissão de notas fiscais e o pagamento dos impostos da loja online.

 

Ao longo da formalização das questões de registro, convém se preocupar com a aquisição de uma boa plataforma de e-commerce para que você crie a sua loja virtual.

 

As exigências mencionadas acima já dificultam bastante para que você crie sua loja virtual grátis, mas existem soluções nos chamados “marketplaces” para a comercialização de produtos e serviços, sem a preocupação de canalização de tráfego para o seu comércio digital.

 

Existe ainda a possibilidade da utilização de plataformas de terceiros,  tais como os marketplaces, como os oferecidos pela B2W, Mercado Livre e outros, que cobram uma espécie de “aluguel" com a sujeição a regras que podem causar transtornos à sua loja online. Esta alternativa é atraente em um primeiro momento de forma a testar a aceitação do seu produto, e talvez seja aconselhável adotar este canal de vendas enquanto você cuida de criar uma loja virtual própria.

 

Por fim, lembre-se que criar uma loja online equivale a “colocar um outdoor no deserto”, portanto será necessário trazer os consumidores para fazer compras online, com investimentos em marketing digital, como conteúdo exclusivo, relevante e constante para seus consumidores, de forma a ser replicado para as redes sociais e a realização de campanhas no Google.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Facebook
Posts Recentes
Please reload